15 abril 2013

Justin Bieber é criticado (apenax), ao deixar mensagem no livro de visitas do Museu de Anne Frank!

Vamos ao que interessa:

Na última sexta-feira (12/04), Justin Bieber (Justeeeeeeen) visitou o Museu de Anne Frank, em Amsterdam, e ao assinar o livro de visitas, deixou uma mensagem considerada “insensível” pelos demais visitantes do museu. Nesta mensagem constava que “se ela estivesse viva, ela poderia ser uma belieber”.



[Pausa dramática]

Segundo informações, comentários da página no facebook do Museu acharam isso totalmente ofensivo e houve comentários bastante populares, com vários likes...

Porém, a assessoria de imprensa do museu, diz que o cantor realmente fez uma visita, e que obteve detalhes e informações sobre a Anne Frank e não consideraram esse comentário do cantor ofensivo. Já a assessoria de JB, não se pronunciou sobre.

 A partir disso, pode-se analisar a intenção do cantor de várias maneiras: uma delas é que ele ficou sensibilizado com a história de Anne, e tal, e que o mesmo carinho que ele tem por seus/suas fãs ele sentiu por ela, demonstrando certo respeito pela história da garota. Em minha opinião a intenção foi boa, só que Justin não soube usar as palavras corretas. E por conta disso, surgiu todo esse alvoroço.

 Para quem não sabe quem é Anne Frank, ela ficou conhecida com a publicação ( best seller, que por sinal #Recomendo) após sua morte, intitulado de “O Diário de Anne Frank”, no qual ela descrevia o tempo em que ficou juntamente com sua família judia, escondida durante a Segunda Guerra Mundial. Ela, vítima deste holocausto, morreu aos 15 anos.




Então, qual sua opinião? #Compartilhe conosco!
Junior Profilo.
COMENTÁRIOS
WELCOME, B*TCHES, TO
paparazzi
ENTERTAINMENT
REDES SOCIAIS
PARCEIROS
_ _ _
_ _ _