05 julho 2011

Com Justin Bieber na capa, Vanity Fair tem a pior venda em 12 anos






















































O que é isso, meu povo?

Justin Bieber pode ter 10 milhões de seguidores no twitter, vendido milhões de discos e esgotar ingressos para seu filme "Never Say Never" nos cinemas, mas seu sucesso não deve está refletindo muito bem nas bancas.

A edição de fevereiro da revista americana "Vanity Fair", que trouxe na capa o cantor de 17 anos coberto de marcas de batom é a de pior venda em 12 anos, de acordo com o site Women's Wear Daily.

"Quem diria que as meninas de 12 anos não comprariam revistas?", disse um porta-voz da "Vanity Fair".

A revista vendeu 246 mil cópias, de acordo com uma primeira contagem do Audit Bureau of Circulation, órgão americano que registra as vendas. O número ainda não é definitivo, mas é difícil alguma pequena mudança faça a edição perder o posto..

Se os números se confirmarem, a capa de Bieber se confirmará como a edição de pior venda desde julho de 1999, quando Will Smith apareceu na capa em um cavalo preto para promover "As loucas aventuras de James West", tendo vendido 202.701 cópias.

A última revista que o cantor estampou e que deu "certo" foi a "People", de abril do ano passado, que vendeu cerca de 961.762 exemplares, ao contrário da "Teen Vogue" de outubro do ano passado, que não gosto nem de comentar.
COMENTÁRIOS
WELCOME, B*TCHES, TO
paparazzi
ENTERTAINMENT
REDES SOCIAIS
PARCEIROS
_ _ _
_ _ _